sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Te desejo

Quero provar o mel dos teus lábios
quero sentindo o seu jorro quente a invadir
o meu ser, inebriando-me de prazer.
Quero sentir o teu sexo
movendo-se dentro de mim,
num êxtase tão sagrado, que chega a ser profano.
Quero deixar-te inebriado, enfeitiçado, maravilhado,
até que tudo o mais perca o nexo,
e só nos reste o gôzo e o sexo,
a paixão, o fogo, o amor e o prazer...
Quero levar-te ao Paraíso comigo,
para que te lembres do inferno
que é estar longe de mim,
e venhas sempre correndo,
implorando por meu ser!
Quero dar-te todos os prazeres,
para que sintas a loucura que tenho por ti,
e nunca me abandones ou
me prives do teu ser e do teu corpo.
Quero gozar contigo, ao mesmo tempo,
nem antes, nem depois,
para que não penses que sou egoísta ou fria.
Quero explorar e conhecer teu corpo,
talvez até mais do que conheço o meu.
Pois amo cada átomo teu!
Quero amar-te aos poucos e de uma só vez,
por partes e por inteiro, por dentro e por fora.
Pois o meu amor é como uma febre,
que afogueia minha face,
e incendeia e estremece o meu corpo.
Amo-te como louca, pois sou louca por ti!
E também quero que sejas louco por mim
e como louco me ames...
Ontem...
Hoje...
Amanhã...
E sempre!

2 comentários:

 
BlogBlogs.Com.Br