sábado, 2 de junho de 2012

 
Ah que saudade...
Essa abstinência  de você me alucina, entorpece, enlouquece. 
Depois que te conheci não  tenho desejado ninguém além de você!
Não tenho olhos pra mais ninguém...
Penso em você todos os dias!
Ah...sou uma pervertida! Minha perversão é te desejar.

Te quero.
Sim, mais uma vez, e não será a última...
Te quero em mim,
Te quero me tomando, me domando. 
Sentir suas mãos me pegando firme pela cintura.
Hoje te quero... te quero...

Assim sou tua. Me pegue, acalente meu medo, me excite...
Você apareceu na minha vida,  me tirando o folego, bagunçando de modo gostoso meu desejo, minha respiração, minhas sensações... 
E hoje a única coisa que quero é te dar prazer.
Ah...vem, vem como imagino. Me pegue, aperte, sinta. 

Desde a primeira vez que você me fez, eu te sinto. Sinto sim. sinto você inteiro, sua pele, seu peso, sua respiração, sua pegada, sua força, seu comando.
ah...você me leva ao delírio
Com você, descobri você...e me descobri. Descobri que sou Tua.
A vontade de te ter de novo é grande,
Mas o medo de não te ter nunca mais é muito maior ...

Um comentário:

 
BlogBlogs.Com.Br