quarta-feira, 11 de março de 2009

Corpos ardentes...


Corpos carentes, sedentos de amor,

de carícias, de afagos, de vida e calor.....
Corpos ardentes, de volúpias, de paixões,
de prazeres, de gozos extasiantes.....
Bocas ávidas, unidas em um beijo prolongado,
molhado e duradouro....
Corpos carentes, ausência, busca interminável,
incessante e inquietante por algo, por alguém....
Corpos ardentes, suores a derramarem-se,
murmúrios, gemidos, sussurros indescritíveis, inaudíveis....
Espasmos eletrizantes, descargas elétricas a
percorrerem todos os poros, sensibilidade à flor da pele.... Corpos carentes, ansiedade, medo, sentimento de perda,
dúvidas, perguntas a fazer sem que respostas se obtenha.....
Corpos ardentes, sensações alucinantes,
arrepios da pele, toques sutis, envolvimento cúmplice
de luxúria e prazeres carnais.....
Dois seres, duas vidas entrelaçadas,
ligadas por um sentimento forte,
tentador, delicioso e prazeroso....
Peças perfeitamente criadas para
que uma a outra complemente, complete, agindo
como engrenagens que se encaixam em harmonia....
Pensamentos voam, vagam, nada mais existindo senão,
e tão somente aquele momento sublime,
deliciosamente maravilhoso e mágico.....
Vulcão ativo, labaredas de fogo a espalharem-se,
orgasmos infinitos resultantes da entrega
mútua e total entre dois corpos ardentes...

15 comentários:

  1. Orgasmos infinitos resultantes da entrega
    mútua e total entre dois corpos ardentes...
    adorei isso..
    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Assim como o oceano só é belo com o luar
    Assim como a canção só tem razão se cantar
    Assim como uma nuvem só acontece se chover
    Assim como o poeta só é grande se sofrer
    Assim como viver sem ter amor não é viver

    (Vinícius De Moraes/tom Jobim)

    Desejo a voce um resto de semana maravilhoso
    Abraços. Eduardo Poisl

    ResponderExcluir
  3. Oi Cris,

    Acabei de montar um blog, desses que falam sobre desejos e estava procurando blogs parecidos na rede, para conhecer mais pessoas com essas inquietações. Achei o seu e gostei muito, fala uma visita quando puder para trocarmos figurinhas. Estarei sempre por aqui, adorei.

    Beijos sinceros.

    ResponderExcluir
  4. oieeeee
    obrigada pelo carinho
    foi por isso que resolvi fazer um blog mas com poucas pessoas lendo...
    se vc tiver interesse em continuar lendo sobre a Docinho
    mande teu e-mail para
    docinh848@gmail.com


    Bjinhos docinhos

    ResponderExcluir
  5. Caminhando por este mundo fantástico que é a internet, eis que encontrei este blog maravilhoso onde a poesia que aqui mostra está num contexto bem explanado e muito subtil na descriminação a cada palavra.

    Autora desta blog te saúdo por apresentares estas obras maravilhosas que instigam o meu alento por ele, vou segui-lo muito atento para que junto aos que já sigo este possa ser mais uma obra de arte em meu blog.

    Bjos bom fim semana..

    ResponderExcluir
  6. Parabéns.
    Os textos são singelos, sem extremos e cheios de desejos.
    Muito interessante!

    Bom final de semana!

    ResponderExcluir
  7. Pintura, imagem poética...
    Poesia palavra pintada...
    Uma, esboço de figura amada;
    A outra, ténue palavra profética!

    Pintura e poesia...
    Imagem e palavra de sentimento
    E de amor em utopia!

    São o sonho que sonhei...
    Quando, no Éden amei!

    (FERNANDA & POEMAS)

    Desejo a você um excelente final de semana com muito amor no coração
    Abraços: Eduardo Poisl

    ResponderExcluir
  8. Quando os corpos se entregam assim é pq antes atingiram a alma. Carinhosamente Dinigro Rocha.

    ResponderExcluir
  9. Vou tomar um banho de água fria!rss

    Tocavam os raios ensolarados e madrugadores
    Nas vastas planícies, terras por conquistar…
    Do chão brotavam vidas e esperanças de amores
    Colhidas por ninfas ao som de flautas, a dançar

    Mas nessas terras, também corriam ventos de tirania
    Trazidas por lordes e senhores de um Rei ditador…
    Cobrando liberdade a um povo que por ela ardia
    Forçados às leis impostas pelas espadas, suor e dor

    Um resto de uma agradável semana!

    Bem-haja!

    O eterno abraço…

    -MANZAS-

    ResponderExcluir
  10. "orgasmos infinitos resultantes da entrega
    mútua e total entre dois corpos ardentes... "

    Essa parte é a melhor, sempre!!!!

    ResponderExcluir
  11. tamanha é a felicidade em
    ser a metade de alguém!



    bjão da fê =D

    ResponderExcluir
  12. dois corpos em pura fusao. puro atomos. bomba atomica!

    ResponderExcluir
  13. A sensualidade inunda as suas palavras.
    Gostei imenso querida amigo, o seu poema é bem forte...
    Boa semana, beijo.

    ResponderExcluir

 
BlogBlogs.Com.Br